Diego Brasileiro
Como fazer uma otimização de SEO On-Page

Como fazer uma Otimização de SEO On-Page Diferenciada e se destacar da concorrência!

Como fazer uma Otimização de SEO On-Page Diferenciada e se destacar da concorrência!
5 (100%) 1 vote

Se você está procurando um guia completo sobre otimização de SEO On-Page, pode parar a sua procura. 

Você acaba de encontrar o guia completo sobre o assunto, vamos te revelar alguns segredos que farão total diferença á longo prazo no posicionamento dos seus conteúdos.

Cada conteúdo possui aspectos específicos internos, para que você consiga fazer um artigo otimizado em SEO você precisa prestar atenção em alguns detalhes importantes. Mas não se preocupe, iremos te mostrar algumas formas interessantes de como configurar a otimização de SEO do seu conteúdo.

Se você conseguir trabalhar corretamente os pontos que iremos abordar aqui hoje, será bem provável que o Google te considere como resultado de busca relevante e te inclua entre os primeiros sites nos mecanismos de pesquisa.

Nos próximos capítulos deste artigo você aprenderá a usar algumas das formas simples de como otimizar seu SEO On-Page.

É iniciante? Aprenda as noções básicas de SEO e saiba como dar o próximo passo.

Trabalhando o Título da Página

Quando se trata de SEO, o Título da Página é o elemento que mais vai influenciar no seu posicionamento. Mas na verdade o que normalmente são criados, são apenas frases sem a palavra-chave principal e relevante para o conteúdo, além de serem frases que não mostram bem o que vai ser lido naquele determinado conteúdo.

Caso você não use termos pertinentes ao seu negócio, basicamente o Google não irá entender do que se trata o seu site, o que dificultará ter as suas páginas e pots posicionados.

Procure sempre descrever de forma clara e precisa o tema que você irá abordar naquela determinada página, não deixe de pesquisar as palavras mais importantes sobre o assunto, usando sempre na ordem correta – quanto mais para esquerda mais relevante será para o Google -. 

Um detalhe que não podemos deixar de ressaltar é o fato de que o número de palavras no título definem a importância das palavras contidas no contexto do título. Ou seja: quanto menos palavras o seu título tiver, maior a importâncias das palavras que foram colocadas ali.

É fortemente recomendado que você chegue ao máximo de 65 caracteres no seu título. Para poder saber quantos caracteres você escreveu acesse o site Contador de Caracteres ou use o próprio WordPress.

Quando você faz uma pesquisa no Google e os sites aparecem como opções relevantes logo abaixo da sua pergunta, você consegue notar um título, uma slug (falaremos em breve) e a meta-descrição correto, veja na imagem abaixo:

No exemplo acima você consegue notar justamente o que eu falei anteriormente com mais clareza agora né?

Na cor rocha nós temos o título, este título do exemplo (apesar de ser uma pesquisa bem estranha né rs) é um exemplo claro de um título de até 65 caracteres, mas se contarmos o do exemplo, ele possui 60 o que aumenta ainda mais a relevância das palavras ali contidas.

Siga algumas dicas simples listadas abaixo para melhorar o posicionamento dos seus artigos no Google:

  • Use até 65 caracteres no seu título;
  • Crie o seu conteúdo condizente ao título da sua página;
  • Escolha a melhor palavra-chave para o conteúdo que você irá criar, coloque-a como principal, use outras palavras tão boas quanto pelos sub-títulos do seu conteúdo;
  • Crie títulos que desperte curiosidade para aumentar o número de clicks no seu conteúdo;
  • Tente não usar termos separados por vírgulas.

Para complementar o seu conhecimento sobre títulos, sugiro que você leia este artigo da Resultados Digitais

Meta Descrição – Meta Description

A Meta Descrição, também conhecida como Meta Description não possui fator de ranqueamento. Isso quer dizer que independetemente das palavras que você use na sua meta-descrição, você não estará melhorando seu posicionamento.

O intuito principal da meta description é chamar a atenção do leitor como complemento do seu título. É a partir da sua meta-descrição que o leitor vai decidir se vai realmente ler seu conteúdo.

Perceba que o título e a Meta Description são uma combinação de ações que vai levar o leitor até o seu conteúdo. Quando as duas são combinadas com maestria (unindo Marketing de Conteúdo e SEO) você terá a combinação perfeita para atrair mais visitantes para seu site.

O número de clicks no seu link e o tempo que os seus visitantes passam lendo o seu conteúdo são fatores de ranqueamento, a meta description trás este benefício para o seu site.

A meta descrição é como um Call to Action, ela serve realmente para chamar atenção, então não fique preocupado em colocar a sua palavra-chave ali de forma obrigatória, se preocupe em criar um texto de no máximo 160 caracteres para não poluir muito e deixar o seu texto cortado na pesquisa do Google.

Abaixo em letra preta logo abaixo das estrelinhas de avaliação você consegue perceber a meta-descrição:

Endereço da página – Slug – URL

O Slug, endereço da página ou URL são os termos usados para definir o texto que fica entre o título e a meta description.

Este é um elemento que complementa o SEO On-Page do seu artigo, você deve otimizar a sua URL para poder ganhar mais relevância nos motores de busca.

Jamais use url’s assim: “https://meusite.com/2018-12-12/uiadojasoi”

Lembre-se que sua slug deve ser organizada, deve conter a palavra-chave exata e não pode conter números, salvo em alguns casos como este:

Exemplo: “https://segurodecarronovo/seguro-auto/seguro-do-gol-2018/”

Quando o número fizer parte da construção da palavra-chave você poderá usá-lo.

Otimização de Imagens On-Page

Existem alguns itens que precisamos prestar atenção quando se trata de imagens dentro do nosso conteúdo.

  • O nome que você colocará arquivo;
  • A tag alt ou texto alternativo ;
  • Quanto o arquivo de imagem pesa ;
  • E o contexto geral.

Se você seguir e preencher as lacunas dos itens listados anteriormente, você irá ajudar o Google a determinar do que se trata a sua imagem, além de conseguir diminuir o tempo de carregamento da sua página, no caso do peso da imagem.

Você não precisa digitar textos imensos para explicar a imagem, use textos simples e diretos, com a sua palavra-chave e palavras-chave correspondentes.

Para evoluir no seu negócio digital você precisa aprender com os melhores, conheça o Prêmio MK Referêcia 2018, com os 20 melhores sites escolhidos como os melhores sites de Marketing Digital do momento.

Nome do arquivo

O nome da imagem ou nome do arquivo é o que você vai preencher quando estiver fazendo o download da imagem.

Basta que você seja direto e jamais use números ou letras confusas. Somente use números quando se tratar da continuação da palavra-chave. Exemplo: Seguro do Pálio 2019.

Tag Alt ou Texto Alternativo

O texto alternativo, também conhecido como tag alt é o que faz o Google ficar sabendo do que se trata sua imagem, é como se você estivesse ali indexado o contexto da imagem.

Você precisa usar a palavra-chave principal e as que você usou nos subtítulos para poder dar maior relevância para suas imagens.

E quando o Arquivo de Imagem Pesa?

Essa é uma parte muito importante e muitos dos seus concorrentes não fazem. Se você aplicar corretamente a técnica simples que iremos ensinar você poderá subir algumas posições somente por conta desta mudança.

Não podemos garantir 100%, mas nossos testes nos mostraram melhorias, acreditamos que acontecerá o mesmo com os seus conteúdos.

A técnica é a seguinte: toda vida que você baixar uma imagem acesse o site TYNIJPG.COM.

Quando você acessar o site, basta que você suba sua imagem na parte: “Solte seus arquivos .png ou .jpg aqui”! Depois basta fazer o download, o arquivo vem em Winrar, basta extrair e pronto, estará tudo beleza para uso.

Conheça os melhores cursos de SEO do Brasil neste artigo!

Subtítulos ou Headings

Os subtítulos ou também conhecidos como headings são os capítulos do seu artigo. Eles possuam uma ordem de prioridade e ela deve ser seguida para que você tenha maior sucesso no seo on-page do seu artigo.

Os subtítulos usados para o seo on-page do artigo são: H1, H2 e o H3. O restante dos subtítulos são usados somente para “deixar bonitinho”, melhorar o seu layout e não possuem significância para os mecanismos de busca.

Descubra quem é a persona do seu negócio!

Procure usar palavras relacionadas com a sua palavra-chave principal nos seus subtítulos, isso é importante. Caso tenha dúvidas sobre quais escolher use as dicas do Google. Veja na imagem abaixo:

Logo na imagem acima você consegue ver algumas perguntas, essas são as perguntas mais frequentes sobre o assunto que você procura, esses textos podem ser usados em seus subtítulos.

Faltou a parte de perguntas frequentes do Google? Não tem problema, veja as opções que o Google lhe dar nas pesquisas relacionadas. Confira na imagem abaixo onde você irá encontrar essas palavras-chaves buscadas:

pesquisas relacionadas do Google

Use Textos simples

Se você usar determinadas palavras do seu nicho no seu conteúdo o Google irá dar relevância a sua página, para quem busca o seu assunto. 

Mas você precisa ter cuidado de como usa suas palavras-chave dentro do texto, você não pode exceder a quantidade ideal de palavras-chave no conteúdo. 

Para que você consiga simplificar o seu trabalho, confira qual é a quantidade de palavras-chave que os seus 3 primeiros maiores concorrentes estão usando.

Depois basta que você use esse número como base, tente fazer mais conteúdo do que seus concorrentes e use a mesma quantidade de palavra-chave que eles usaram.

O mais importante de tudo é que você use a palavra-chave no contexto e jamais deixe uma frase sem sentido porque você quer repetir palavra principal do artigo.

Para complementar, jamais criei um conteúdo somente para ter mais um, resolva criar os seus textos quando tiver realmente afim, mas seguindo o prazo de postagem, porque ter um blog é como ter um programa de tv, as pessoas querem assistir naquele horário que já estão acostumadas.

Confira o horário de pico do seu site e tente postar os seus conteúdos dentro deste tempo, você terá mais acessos em seu novo texto.

Linkagem Interna

A importância de uma linkagem interna organizada é crucial para apontar quais são seus conteúdos mais relevantes para o Google.

De forma resumida, você precisa alimentar as linkagens se possível por categoria.

Exemplo: digamos que você tenha a categoria Marketing Digital no seu site, você precisará agora criar artigos relevantes sobre o assunto, depois você deve linkar dentro desses artigos os seus links contextuais mais importantes.

Quando mais links você tiver internamente para um conteúdo, mais relevância o Google dará para o mesmo.

Procure sempre relacionar as páginas que possuam assuntos semelhantes, essa organização fará uma boa diferença nos seus posicionamentos.

Dica: otimize páginas com posição média entre 4 e 23 para conseguir pegar as primeiras posições do Google

Não se engane, praticamente ninguém acessa a segunda página do Google, a diferença entre as primeiras posições e o restante é gigantesca.

Uma simples mudança de posicionamento de um artigo da primeira posição do Google para a quarta já ocorre um queda de acessos gritantes em um conteúdo. Você imagina na segunda página.

Normalmente só acessamos a segunda página do Google quando não encontramos a pesquisa que realmente queríamos.

A maior quantidade de cliques e onde fica a mina de horo do SEO do Google são nas primeiras 3 posições.

Como alcançar os primeiros resultados do Google?

Para que você possa alcançar as primeiras posições do Google você precisa unir o Seo On-Page e Off-Page, além de ter conteúdos que realmente possam ajudar os seus leitores.

O tempo de permanência em uma página conta como fator de ranqueamento, as imagens contam, as palavras-chaves que você usa conta, a quantidade de cliques, a sua url, os links que apontam para o seu site e vários outro recursos que você precisa aplicar para poder se destacar da sua concorrência.

Curso de SEO On-Page

Indico fortemente que você faça algum curso interessante onde tenha o conteúdo necessário para você aprender SEO On-Page de forma simples e rápida.

Os cursos que irei indicar a seguir são completos e podem te ajudar realmente a chegar ao próximo nível, confira:

O Curso Segredos dos Artigos Matadores é meu, o lancei há alguns meses, mas o método tem tudo o que você precisa saber sobre Seo On-Page e criação de artigos matadores. Você vai chegar no próximo nível em produção de conteúdo e ainda posicionará nos primeiros lugares do Google.

Acesse o site oficial dos Segredos dos Artigos Matadores: SITE OFICIAL!

A Plataforma Seo de Verdade Vip é do Tico Santos, o cara é fera em SEO, ele me passou muito conhecimento e eu mesmo fiz o curso dele.

Indico fortemente para meus alunos que querem aprofundar o conhecimento na área. O que tem dentro da Plataforma Seo de Verdade Vip não tem em nenhum outro lugar. O Curso é diferenciado.

Acesse o site oficial do Clube Seo de Verdade: SITE OFICIAL!

Conclusão

Esperamos poder ter lhe ajudado com informações úteis, tentamos abordar o máximo possível sobre o assunto, não é curso completo de SEO, mas é uma boa base que pode lhe ajudar a chegar no próximo nível.

Compartilhe os artigos com seus amigos nas redes sociais e faça essa informação chegar para outras pessoas que precisa aprender um pouco sobre SEO On-Page!

lembre-se que a sua hospedagem também é fator de ranqueamento, confira este artigo e escolha a melhor opção para o seu negócio.

Diego Brasileiro

Comentários

Siga-nos

Não seja tímido, acesse nossas redes sociais. Adoro conhecer novas pessoas que possuem um interesse nos temas abordados neste blog.