Diego Brasileiro

Técnicas de Copywriting: Aprenda com maestria a Arte Usada para Vender, Engajar e Convencer!

Técnicas de Copywriting: Aprenda com maestria a Arte Usada para Vender, Engajar e Convencer!
4.9 (98.18%) 11 votes

Nesta matéria iremos falar sobre as principais técnicas de Copywriting atais, de forma objetiva e direta.

Até o final da matéria, irei te apresentar uma técnica única, só ela será capaz de te trazer grandes resultados.

Copywriting é um termo da língua inglesa que não possui uma tradução direta para a nossa língua portuguesa, mas se a gente fosse dar uma definição, seria: a arte de usar as palavras corretas para criar uma comunicação objetiva e direta com um público alvo, no intuito de fazer com que esse público venha a tomar algum tipo de decisão.

Nesta tomada de decisões não existe uma regra específica, pode ser para a compra de um produto ou serviço, para chamar a atenção para o cadastro para uma lista de e-mail marketing e várias outras opções.

Escrever já não é uma tarefa tão fácil quanto parece.

Agora escrever focando na conversão, esta é uma função designada para um Copywriter e com certeza é considerada uma atividade ainda mais complexa.

Vários elementos entram nesse jogo, quando falamos de escrita persuasiva e Copywriting.

Normalmente os escritores tem como preocupação principal a formatação, a gramática e inclusive o tipo de linguagem a ser elaborada.

Já o Copywriting oferece uma forma de desafio adicional: os elementos contextuais usados por um Copywriter precisam estar alinhados para que este conteúdo seja otimizado para conversões, seja através de uma página de vendas, artigos ou até mesmo uma carta de vendas para um vídeo de vendas, tendo como função principal a venda em si de um produto ou serviço.

Hoje entender as técnicas de Copywriting não se aplica somente aos profissionais desta área, mas de qualquer profissional que trabalhe com intuito de atrair e engajar um público específico, seja você um empreendedor digital ou produtor de conteúdo para web.

O Copywriting envolve criar conteúdos que são lindos até o final, como e-mails por exemplo, criar uma comunicação melhor com seu público alvo e inclusive realizar vendas periódicas de forma efetiva e constante.

Você quer aprender as técnicas utilizadas pelos melhores Copywriters do mundo, fazendo com que os seus leitores não consigam resistir?

Acesse nosso site e descubra como!

converter em vendas

Não basta escrever bem, você precisa converter: como você pode conseguir este feito?

Com toda sinceridade é bem complicado conseguir desenvolver um bom SEO em um conteúdo e ainda usar técnicas de Copywriting.

Um exemplo simples: fazer a inserção de links externos ou internos, no decorrer de um texto são passos essenciais para uma boa estratégia de link biulding.

Mas mandar um leitor ou visitante para fora de um post ou página, especialmente se for para um site externo é uma atitude que todo profissional Copywriter evita sempre.

De forma inevitável você terá que escolher uma opção. Você sabe qual é o objetivo do seu conteúdo? Você quer vender o seu produto ou aumentar a quantidade de leads na sua lista de e-mail marketing?

Lembre-se que a escolha focal do seu conteúdo deve ser feita de acordo com as suas prioridades. Por isso, você precisa mesclar a sua estratégia de marketing de conteúdo, unindo uma hora conversão e em outro momento criação de tráfego.

Outro detalhe importa a ressaltar é que nenhuma “Copy” será igual a outra, cada conteúdo é criado de forma exclusiva e única.

O mercado está sempre em constante mudança, um produto que você cria hoje, amanhã haverá mudanças naquele determinado nicho e você precisa acompanhar isto.

Então, por fim, um Copywriter deve exclusivamente gerar algum tipo de conversão.

Algo importante a ressaltar é que uma boa técnica de Copywriting precisa ter todos os elementos necessários para atrair, engajar e consequentemente converter aquele leitor de alguma forma.

Aproveite e dê uma olhada em nossa matéria sobre as 8 regras para produzir conteúdos melhores e mais envolventes para seus leitores!

Os elementos essenciais da Copywriting com foco em conversões e vendas

Em uma copy efetiva são utilizados 6 elementos essenciais, que são:

  • Imediatismo/urgência;
  • Conexão;
  • Especificidade;
  • Transformação;
  • Chamada para ação (call-to-action ou CTA);
  • Exclusividade.

isso não quer dizer que todos esses elementos precisam estar contidos em uma única Copy para funcionar.

A mesclagem entre algum desses elementos ou todos eles, desde que não sejam elaborados de uma forma considerada forçada, trazendo sentido no contexto geral, que é o verdadeiro caminho para o sucesso.

Então logo em seguida, iremos entender como funciona cada um desses elementos para que você consiga usar essa armas poderosas de Copywriting em seus conteúdos.

criando senso de urgência

1 – Criando o senso de Urgência

Uma das principais características de um modelo de Copy memorável é criar um senso de urgência.

Uma situação que coloca um cliente na parede, sem opção de dizer um não é a impossibilidade de escolha.

Quando precisamos de algo, gostamos e estamos analisando a compra ou a não efetivação da mesma, agimos o mais breve possível quando sentimos que não temos outra escolha se não agir agora mesmo.

Isto simplesmente acontece porque quando você cria um senso de urgência, o indivíduo que sofre essa opressão mental age de forma não cociente para simplesmente alimentar aquilo que inclusive ele poderia esperar um pouco mais para tomar a atitude.

Seu objetivo principal é capturar a atenção daquele visitante, lembre-o que será necessário tomar uma atitude agora, hoje, nem amanhã, nem depois.

Veja os principais termos e palavras que trazem consigo a sensação de urgência para sua Copy:

  • Descubra;
  • Agora;
  • Hoje;
  • O Segredo;
  • A Verdade;
  • Ninguém nunca contou;
  • Revelado;
  • Neste Exato Momento;
  • A Partir de Agora.

Assista esse vídeo do Paulo Maccedo sobre as 7 premissas de uma copie:

Veja alguns exemplos que você conseguirá perceber e inclusive utilizar como termos de urgência de Copywriting:

  • “Descubra agora mesmo a verdade sobre a dieta do abdômen..”
  • “Pare tudo o que está fazendo a partir de agora e descubra o segredo revelado do maior empreendedor do mundo…
  • “Descubra a fórmula secreta utilizada pelo melhor vendedor de carros do mundo…

criando conexão

2 – Crie uma Conexão

Um outro objetivo de uma boa Copy, seja ela vídeo ou texto, é aproximar aquele determinado visitante a você, criando a ideia de que ele será capaz de alcançar o objetivo proposto na sua ideia.

Você precisa nesta etapa criar a possibilidade de facilidade, essa técnica é excelente para um caso no qual você possa utilizar a seguinte afirmação: “se eu consegui, você também conseguirá”.

Criando esse “aspecto afetivo emocional“, você criará uma ligação muito mais forte com o seu futuro cliente, o seu cliente não estará pensando à respeito do seu vídeo: “isso é papo de vendedor”, mas sim você criará uma aliança entre o seu cliente e você.

Veja abaixo as principais palavras e termos que geram conexão:

  • Você (a mais simples e efetiva delas);
  • Pessoas comuns, assim como eu e você;
  • Passo a passo, te pegando praticamente pela mão;
  • Começando do zero, mesmo que você não saiba nada;
  • Como eu fiz e como você também pode.

Veja como aplicar algumas desses termos em exemplos reais:

  • “Você irá ter em mãos o poder necessário para…”
  • “Pessoas comuns, assim como eu e você já estão conseguindo obter grandes resultados…”
  • “Carlos Slim revela um passo a passo único…

criando algo peculiar

3 – Criando uma qualidade peculiar

Este elemento de Copywriting que traz conversão é o ato da especificidade.

O principal objetivo desta técnica é transformar a sua comunicação em algo de qualidade própria.

Veja logo abaixo as principais palavras e expressões que transmitem um sentimento de peculiaridade:

  • Em “tantas” Horas;
  • Em “tantos” Dias;
  • Em “tantas” Semanas;
  • X Dicas Infalíveis;
  • X Fatores Essenciais;
  • X Maneiras.

Veja como você poderá utilizar esses exemplos na sua Copy:

  • “7 maneiras testadas e comprovadas pela Microsoft…”
  • “Como criar um American Pit Bull Terrier: 10 dicas infalíveis para melhorar o convívio com outros cães”
  • “7 fatores essenciais para produzir artigos memoráveis no seu blog”

transformando vidas

4 –  Transformando Vidas

Nesta etapa, você precisa ter em mente o que o seu produto tem a oferecer que poderá ocasionar uma mudança na vida do usuário, que tem interesse no que você está ofertando?

O seu cliente procurou o seu produto ou serviço simplesmente porque ele deseja mais que tudo ter aquele resultado que você propõe.

Agora é certo que todo resultado é reflexo das ações de quem irá adquirir qualquer produto, método, curso ou serviço seu.

Agora, será necessário fazer o cliente entender, que caso ele siga o método que você oferece, toda e qualquer transformação prometida será logo alcançada.

Lembre-se de mostrar sempre a transformação que o seu produto ou serviço proporciona de forma clara e objetiva.

Logo abaixo irei mostrar alguns exemplos de como mostrar a transformação para o seus clientes:

  • “Descubra agora como ganhar dinheiro pelo whatsapp”
  • “10 passos simples para perder 5 centímetros de barriga em x meses”
  • “Crie uma landing page em menos de 10 minutos”.

call to action ou chamada para ação

5 – Chamada para Ação (Call-to-Action ou CTA)

Você já decidiu qual decisão o cliente precisa tomar para conseguir efetivar a sua a ação: será para compra, assinatura de lista de e-mail ou se inscrever no seu canal do Youtube?!

Essa parte precisa ser clara para o seu lead.

Essa chamada para ação, também conhecida como Call to Action (CTA) é um convite para o seu futuro cliente tomar uma decisão.

Não só temos o hábito de gostar disto, mas também precisamos desse tipo de chamada para realizar algum tipo de ação.

Agora lembre-se: você precisa mostrar o caminho correto até chegar neste ponto, para direcionar o seu cliente rumo ao a tomada para ação.

Pode acreditar: todo este contexto vai fazer total diferença na sua taxa de conversão!

Logo abaixo, apresentarei os termos que considero os mais eficientes para criar uma excelente chamada para ação:

  • Clique aqui agora mesmo;
  • Cadastre-se agora;
  • Clique para ver todo o conteúdo;
  • Assista o vídeo completo agora mesmo;
  • Clique para baixar este conteúdo épico e gratuito;
  • Para continuar Cadastre-se agora

Veja exemplos que você poderá utilizar nas suas campanhas de venda:

  • “Clique agora mesmo e receba os melhores conteúdos sobre Marketing Digital”
  • “Assista o vídeo completo sobre Marketing de Conteúdo”
  • “Clique para você baixar o mais completo guia para morar em Portugal de forma gratuita”.

exclusividade

6 – Exclusividade

Você tem em mente que o seu serviço ou produto que você está oferecendo para sua clientela tem alguma característica exclusiva? O seu produto tem algo que possa o diferenciar dos produtos que tenham o mesmo contexto no mercado?

Caso a sua resposta seja sim, demonstre isto na sua estratégia de Copywriting.

O seu cliente precisa entender é que se ele não tomar essa decisão agora, ele estará perdendo a oportunidade de algo diferenciado no mercado.

Para ser sincero a exclusividade é mais que um elemento, ela é a unificação de todos os outros passados anteriormente.

Agora me responda, qual desses títulos abaixo mais prendem a sua atenção?

“Como vender todos os dias”

ou

“10 passos simples para converter revelados pelos maiores Vendedores do mundo

Acredito que eu nem precisaria de uma resposta, sabe porque, na segunda opção eu uni autoridade com exclusividade e isso engaja e sempre engajará muito mais.

Copywriting para ofertas de produtos vendidos como afiliados e ou produtos próprios

Escolher a conexão de palavras corretas para criar uma comunicação com utilizando os passos ideais e precisos podem determinar o sucesso da produção dos seus conteúdos. Seja com objetivo de vender mais produtos como afiliado ou seus próprios produtos.

Lembrando que o Copywriting tem como intuito principal, usar elementos de conversão de forma ampla e estruturada, seja em chamadas para tomada de decisão, e-mails marketing, páginas de captura e conteúdos de forma geral.

Agora, iremos falar de forma especificada sobre como você pode criar uma estrutura de conteúdo com foco na venda.

Lembramos que este conteúdo pode ser um vídeo, um artigo para o seu site ou até mesmo uma landing page.

De forma geral, você precisa usar os 5 passos que iremos mostrar logo abaixo:

  • Capture o interesse do leitor;
  • Apresente os benefícios do produto específico;
  • Prove que o produto realmente funciona;
  • Mostre a transformação positiva que o produto pode causar;
  • Faça uma chamada para ação.

Logo em seguida, detalharemos cada um desses processos aqui mencionados.

comportamento do cliente - cliente indo para casa

1: Não dê a chance do seu visitante ir embora: ganhar o interesse dele de cara é a solução

Iniciar um conteúdo de uma maneira que você consiga envolver e manter a presença do visitante do seu site é uma maneira fundamental para conseguir ter sucesso na sua estratégia de conteúdo.

Caso você não consiga prender a atenção do seu leitor no início do seu conteúdo, você perderá esse futuro cliente de cara.

De uma forma geral, para se ter uma oferta bem sucedida você precisa capturar a atenção do seu público logo no início do seu conteúdo, você precisa deixar o “gostinho de quero mais” na mente dele.

Tome sempre bastante cuidado na hora de iniciar o seu conteúdo, para não colocar todo o seu trabalho a perder.

Existem algumas formas de você não errar na hora de iniciar o seu conteúdo, veja algumas delas abaixo:

A primeira lição que você deve aprender é: nunca faça mistérios sobre o seu produto em questão. É interessante que logo de cara, você seja claro à respeito da sua oferta e o que ela tem como objetivo de resolução.

Outro ponto que considero fundamental é conhecer o “calcanhar de Aquiles”. É isto mesmo que você leu, você precisa conhecer as dores da sua persona. Sabendo disto você não pode hesitar em fazer questionamentos relacionados aos desejos, sonhos e dores dos clientes do seu nicho.

Você pode usar inclusive, na sua apresentação principal do problema a ser solucionado, usando uma pergunta, como por exemplo:”o que você acha sobre poder conseguir vender qualquer coisa que você ofereça, de forma simples, direta e objetiva?

E obviamente, nunca esqueça de usar o elemento dor, ele é fundamental para uma boa copy, ele também pode ser usado em forma de interrogação: “Você está sempre lendo sobre Copywriting, ama o que faz e mesmo assim não consegue criar conteúdos persuasivos, nem mesmo consegue criar uma conexão adequada com seus leads?

De forma geral e simples, usar perguntas poderosas que conseguem unir a dor com a necessidade de um determinado nicho, são suficientes para prender a atenção de qualquer visitante.

Se você conseguir enxergar a possibilidade de criar uma história envolvente e que pareça ou seja real, você conseguirá criar uma conexão muito mais forte logo de cara.

As pessoas de modo geral amam ouvir histórias, além delas criarem um grande envolvimento emocional são muito eficazes para levar alguém a tomar alguma decisão refente ao seu produto ou serviço.

mostre os benefícios de seus produtos de forma clara

2: Sempre mostre de forma clara os principais benefícios do seu serviço ou produto

Depois que você consegue a captura da atenção do seu leitor, chegou o grande momento de apresentar os benefícios do seu produto ou serviço.

Muitos criadores de conteúdo erram nesta etapa, pois ao invés de conseguirem mostrar os benefícios na vida real daquele determinado público eles simplesmente mostram as caraterísticas de um determinado produto ou serviço.

Há uma diferença gigantesca entre essas duas opções. Vamos comparar?

Vamos imaginar então uma situação real.

Imagine que eu estou usando na página de vendas do Curso Segredos dos Artigos Matadores a seguinte descrição:

“Neste método você terá mais de 40 vídeo-aulas, mais 9 módulos, incluindo vários bônus para melhorar a sua produção de conteúdo”.

Caso você consiga perceber, essa simples apresentação do produto em forma de descrição não apresenta ou gera um real interesse para compra do produto, correto?

Veja este outro exemplo:

“Aprenda a engajar, viralizar e desenvolver conteúdos que aumentam suas vendas. Aprenda de forma simples e objetiva a gerar 11x mais conversões, reconhecimento e autoridade”.

A explicação do que fiz acima é bem simples, eu consegui conectar os benefícios com as dores do lead, fazendo com que ele consiga visualizar os benefícios do método dentro do seu próprio negócio.

Bote na sua cabeça, ninguém compra algo por características e especificações técnicas, são poucos os casos e eles são bem específicos, mas sim pelo valor que você vai trazer para a vida daquela pessoa.

quebrando as objeções dos clientes

3: Quebre as principais objeções dos seus clientes

Agora que já conseguimos chamar a atenção do visitante e já listamos os benefícios do produto, chegou a hora de colocar um algo a mais na nossa técnica de Copywriting.

Você já posicionou da forma correta, tornou um visitante interessado, precisamos então neste momento o que mais você tem a falar sobre a sua oferta.

No entanto, o cliente interessado precisa se sentir ainda mais seguro, para isso ele precisa entrar no processo que chamo de “ato do convencimento contínuo”. Nesta etapa é a hora de quebrar as principais objeções do seu cliente.

É necessário agora provar que o seu produto funciona na prática. Agora o ideal é mostrar os seus resultados usando o curso, o método ou serviço que você está comercializando.

Você não precisa criar um contexto imenso e cansativo aqui, na verdade você precisa ser bem específico e isso o máximo que você poder. Se tiver números, ganhos ou gráficos de não há nenhum problema em usá-los, siga em frente.

Nunca deixe de mostrar a sua autoridade, fale um pouco sobre você, mostre o seu “currículo”, para usar como base na história de envolvimento do seu produto ou serviço.

Veja o exemplo que usei na página de vendas do meu produto Segredos dos Artigos Matadores!

exemplo de como mostrar autoridade e quebrar objeções dos clientes

Pode perceber que foquei nas minhas aptidões pera o mercado de produção de conteúdo e Copywriting.

Embora, será melhor ainda você conseguir mostrar os resultados de outras pessoas, após aplicarem aquilo que você ensina no método.

De acordo com os melhores e maiores especialista em Copywriting, garantias e provas sociais são os elementos mais importantes para uma carta de vendas profissional.

Por este motivo em especial, é bem mais simples promover produtos ou serviços que já possuem uma série de clientes satisfeitos e logicamente com resultados e suas comprovações.

criando uma tela imaginária na mente do cliente

4: Faça seu cliente imaginar a transformação que o seu produto trará em forma de benefício

Nesta etapa você precisará mostrar para o seu futuro cliente como será a vida dele, depois que ele entrar para turma do seu curso ou obtiver o seu serviço.

Vou citar um exemplo simples para fazer você entender ainda melhor como esta parte funciona e o quão ela é importante:

“Se por um acaso você está oferecendo um produto para emagrecimento, você precisa mostrar e fazer entender, como o seu potencial cliente vai estar após ele colocar a sua dieta em prática”.

Ao conseguir fazer isso da forma correta, você conseguirá atingir a parte límbica do cérebro dos seus futuros clientes, essa parte do nosso cérebro é responsável por 80% das tomadas de decisões.

Agora o preço vai ser um elemento praticamente insignificante se comparado aos benefícios e ganhos que o seu futuro cliente terá.

5: Chamada de Atenção ou Call To Action (CTA)

Todas as práticas e técnicas aprendidas de Copywriting até este momento, servem para conduzir o seu visitante para a jornada de compra ou para qualquer outro tipo de tomada de decisão.

Mesmo assim, o seu cliente não terá chegado até o ponto crucial desta preparação, que é a compra.

É neste momento que você irá guiar o seu cliente interessado para tomar a decisão que você tem como pretensão.

Agora o que você precisa é ter segurança e firmeza em suas palavras.

Nesta etapa você pode mesclar 3 estratégias, elas são:

  1. A Lógica;
  2. O Ganho;
  3. E a Perda;

No caso da lógica você precisará mostrar para o seu futuro cliente que adquirindo certo método ou serviço ele terá uma garantia incondicional, onde todo o risco estará com você ou com o produtor do serviço ou produto oferecido.

No caso do ganho, você irá mostrar todos os seus bônus e benefícios, fazendo isto você conseguirá mostrar que o seu produto vale bem mais do que o valor que está sendo cobrado.

Em relação à perda, você precisa mostrar que o seu futuro cliente terá que tomar uma atitude agora e que ele não pode deixar para depois, nesta parte você usará um gatilho mental muito conhecido chamado de: Escassez!

O gatilho da escassez pode ser usado de várias maneiras diferentes, tais como:

  • Encerramento das vagas e ou inscrições;
  • Acesso aos bônus únicos (somente dados para aquela oferta);
  • Preço especial e vários outros;

Lembre-se de reforçar bem nesta parte da comercialização do seu produto.

Ao colocar em prática todos estes conhecimentos e passos, pode ter uma certeza: as suas vendas acontecerão de forma muito mais contínua.

Conclusão

Você pode até imaginar, mas Copywriting não é “receita pronta”.

Analise tudo o que você aprendeu aqui hoje e use esses conhecimentos como embasamento para suas ofertas.

Mais do que ter todos os fatos e conhecimentos aqui mencionados, seu modo de mostrar e oferecer algo tem que estar ligado diretamente com sua personalidade, você precisa mostrar quem você é e porque aquela determinada pessoa deveria comprar algo de você e não do seu concorrente.

Tenha em mente sempre que tudo isto não se trata de você, muito menos da sua vontade de vender, mas sim do que o seu cliente precisa escutar ou ler para que ele consiga efetivar a compra, sentindo segurança que ele precisa.

Então, procure sempre fazer com que essa experiência seja o mais agradável possível para o seu leitor ou cliente interessado, não foque somente na beleza da sua página de vendas, mas sim em um produto que cumpra exatamente o que você prometeu.

A melhor técnica que existe no mercado que envolva vendas é o seu cliente saindo satisfeito.

Preparamos também uma matéria que tem tudo haver com o que falamos aqui, nela você vai conseguir desenvolver a sua habilidade de persuasão em qualquer situação, seja ela pessoal ou digital.

E aí, gostou do conteúdo? Coloque suas opiniões logo abaixo, teremos o prazer em te responder! Tem alguma sugestão de melhoria? Também adoramos melhorar e estamos constantemente buscando isso. Será um prazer sanar qualquer dúvida ou trocar uma ideia com você. Ah, não esqueça de compartilhar com seus amigos nas redes sociais!

Facebook Comments

Diego Brasileiro

Comentários

Siga-nos

Não seja tímido, acesse nossas redes sociais. Adoro conhecer novas pessoas que possuem um interesse nos temas abordados neste blog.