10 passos para a efetiva redação de textos

Tempo de leitura: 16 minutos

10 passos para a efetiva redação de textos
5 (100%) 1 vote

Se você é proprietário de uma pequena empresa, proprietário de uma empresa de médio porte, vendedora do eBay ou simplesmente tenta entrar no setor de copywriting, entender os fundamentos da redação de textos orientados para vendas e colocá-lo no caminho do sucesso.

Em sua essência, copywriting é outro dispositivo na caixa de ferramentas de marketing de uma empresa. Uma copy bem escrita pode fazer ou quebrar um anúncio ou peça de marketing. Com isso em mente, copywriting pode significar tanto investimentos de publicidade bem gastos ou um desperdício de investimento em publicidade.

Muitas pessoas interpretam mal a singularidade de copywriting eficaz.

Não posso contar o número de vezes que ouvi escritores freelancers dizerem que querem mudar de redação de artigos para copywriting como se fosse simplesmente uma extensão de suas habilidades existentes.

Copywriting vem naturalmente para algumas pessoas, mas para a maioria, é uma paisagem estrangeira que eles não sabem como navegar. Copywriting é mais do que escrever a carta de venda difícil que muitos cursos de copywriting curtos oferecem.

Na verdade, eu me encolho quando vejo essas cartas de vendas exageradas, que fazem pouco mais do que fornecer uma representação feia de direitos autorais, vendas e marketing.

O copywriting bem trabalhado não precisa bater uma pessoa sobre a cabeça.

Não precisa se afogar em negrito e maiúsculas. A mensagem deve ficar por conta própria sem uma superabundância de linguagem de vendas e embelezamentos de design pesados.

Eu associo muitas cartas de vendas que são culpadas dessa técnica com um escritor que não entende verdadeiramente o propósito básico de copywriting.

No entanto, copywriting bem sucedido pode ser alcançado em 10 etapas fáceis.

Saiba como ter o poder do foco para poder usar o máximo do seu cérebro em qualquer projeto que você queira criar!

Considere sua copy!

Motive seu cliente a comprar com essas 10 etapas de copywriting:

1. Explorar os benefícios do seu produto

2. Explorar as fraquezas da sua concorrência

3. Conhecer o seu público

4. Comunicar WIIFM (o que está nele para mim?)

5. Concentre-se em “você”, não “nós”

6. Entenda seu meio

7. Evite TMI (Muita informação)

8. Inclua uma chamada à ação

9. CYA (Cover Your Ass)

10. Revise

1. Explorar os benefícios do seu produto. 

O primeiro passo do esquema de copywriting é a base para suas campanhas publicitárias.

Um benefício é o valor do seu produto para um cliente.

Em outras palavras, um benefício é o que o produto pode fazer por um cliente ou como o produto pode ajudar um cliente.

Você precisa colocar em palavras as razões pelas quais seu produto é o melhor disponível e melhor que os produtos de seus concorrentes com base no valor agregado que ele oferece aos seus clientes.

A chave para o sucesso é que você entenda completamente todos os benefícios do seu produto. Só então você pode garantir que o público os conheça e possa se relacionar com eles.

2. Explore as fraquezas da sua concorrência. 

Para escrever uma copy convincente, é essencial que você saiba o que diferencia seu produto da concorrência.

Uma vez que você conhece as fraquezas de seus concorrentes, você deve certificar-se de que seu público os conhece e entende por que comprar os produtos de seus concorrentes seria um erro terrível.

Comece pesquisando completamente sua concorrência e entendendo o que eles oferecem em termos de produtos e serviços. Em seguida, liste os elementos de suas ofertas que são inferiores aos seus.

Sinta-se à vontade para dividir a competição, mas seja realista em suas comparações. Você quer ser capaz de apoiar suas reivindicações se você for desafiado.

3. Conheça o seu público.

Cada pessoa no mundo não vai ver todos os anúncios do mundo.

Cada anúncio tem um público específico que o verá, e é o trabalho do profissional de marketing encontrar o melhor posicionamento para garantir que o público-alvo o veja. Por exemplo, um anúncio de skates colocados em um boletim informativo da associação de moradores locais não gera muitas vendas.

Na verdade, seria um desperdício de dólares em publicidade. O público-alvo de skates é adolescentes ou jovens adultos. A grande maioria dos idosos não usa skates, e não é uma categoria de produtos em que eles normalmente compram presentes.

Antes de comprar espaço publicitário, certifique-se de que está gastando seu dinheiro no lugar certo para obter o maior retorno possível em termos de exposição e conscientização do seu produto ou serviço.

Primeiro, reserve um tempo para pesquisar seus clientes completamente.

Na maioria das empresas, 20% dos clientes são responsáveis ​​por 80% das vendas (isso é chamado de regra 80/20, caso você esteja curioso sobre a terminologia oficial de marketing para esse fenômeno).

Esses 20% representam seu melhor cliente, e seu trabalho é determinar quem são 20%. Avalie seus clientes e elabore um perfil demográfico de seu cliente mais valioso, para que você possa anunciar nos melhores lugares para encontrar pessoas semelhantes que sejam possíveis clientes em potencial.

Se você é dono de uma pequena empresa, provavelmente não tem um orçamento reservado para conduzir um estudo de pesquisa minucioso e análise da sua base de clientes, então você terá que improvisar usando suas próprias habilidades de comunicação e investigação visual.

Lembre-se, você Estamos tentando desenvolver um perfil básico de seu cliente-alvo, não um perfil da CIA de cada indivíduo que compra seu produto. Faça o seu melhor com as informações que você tem.

Existem muitos atributos que você pode usar para desenvolver um perfil demográfico de seus clientes. A seguir, uma lista de exemplos de características para ajudar você a iniciar sua própria iniciativa de perfil demográfico:

  • Gênero
  • Era
  • Etnia
  • Situação familiar
  • Renda
  • Ocupação
  • Interesses

4. Comunicar WIIFM (o que está nele para mim?)

Há uma variedade de razões para criar um anúncio ou peça de marketing. Antes de escrever uma copy para sua peça promocional, você precisa entender seus objetivos para essa peça.

O que você quer receber em troca?

A copy que você usa em cada anúncio ou peça de marketing varia de acordo com suas metas para essa promoção. Embora este livro não se concentre no desenvolvimento de planos e estratégias de marketing, apresentarei alguns exemplos de objetivos diferentes para anúncios ou peças de marketing que, por sua vez, afetarão a copy que você usa:

  • Comunique uma oferta especial
  • Compartilhe informações e conscientize
  • Gerar leads

Seus clientes precisam entender como seu produto ou serviço vai ajudá-los, facilitando suas vidas, fazendo com que eles se sintam melhores, ajudando-os a economizar dinheiro, ajudando-os a economizar tempo, etc.

Nesta etapa do esboço de copywriting, você construirá no trabalho que você fez até agora, aproveitando os recursos, benefícios e diferenciadores do seu produto e descrevendo especificamentecomo eles afetam diretamente a vida de seus membros-alvo de maneira positiva.

Lembre-se do primeiro princípio do copywriting – seu produto ou serviço é muito menos importante do que sua capacidade de atender às necessidades de seus clientes .

Responda à pergunta do público-alvo “O que há para mim?”

Lembre-se, você está pagando pelo seu espaço publicitário e, possivelmente, pelo design gráfico.

Não desperdice seu dinheiro colocando um anúncio com copy ineficaz que não diga claramente aos seus clientes o que eles obterão ao comprar seu produto ou serviço.

Grandes empresas com grandes orçamentos de publicidade e marketing podem testar manchetes e clichês em uma tentativa de encontrar a melhor maneira de atrair a atenção de seu público-alvo, mas os proprietários de empresas de pequeno e médio porte normalmente têm orçamentos limitados.

Para empresas menores que têm apenas uma chance de comunicar sua mensagem, a copy deve ser escrita para que a mensagem, incluindo benefícios e diferenciadores, seja ouvida e compreendida pelo público-alvo. Não há espaço em um pequeno empresário.

5. Concentre-se em “você” e não “nós”. 

É essencial que você esteja ciente de como está lidando com seus clientes em sua copy.

Para fazer isso, você precisa entender o uso do pronome.

Pense nos seus dias de escola. Lembre-se de seu professor de inglês explicando a primeira pessoa, a segunda pessoa e a terceira pessoa? Como um lembrete, a primeira pessoa (eu, eu, meu, meu, nós, nós, nosso, nosso) é a pessoa que fala e a segunda pessoa(você, seu, seu) é a pessoa a quem se está falando. É essencial que você escreva uma copy que fale ao seu público-alvo e não a eles – e não a você.

Portanto, a maioria de sua copy em qualquer anúncio ou peça de marketing deve ser escrita na segunda pessoa.

Por exemplo, você prefere a copy que diz: “Através de nosso departamento de vendas de primeira linha, podemos entregar carros em até 24 horas” ou “Você pode dirigir seu carro novo amanhã”?

Enquanto o primeiro exemplo de copy se concentra nos negócios, o segundo exemplo enfoca os clientes e fala diretamente com eles. É mais pessoal e, portanto, mais eficaz.

Lembre-se, escrever na segunda pessoa ajuda seu público a conectar rapidamente os pontos da sua copy às suas próprias vidas e permite que eles personalizem o anúncio ou peça de marketing.

É assim que o anúncio é conectado à própria vida de um cliente individual. Ao escrever sua copy para focar no cliente e não em você, o cliente pode personalizar o anúncio e o produto que você está vendendo e agir de acordo.

6. Entenda seu meio. 

Ao escrever sua copy, lembre-se de que cada mídia diferente em que um anúncio é inserido exige um tom ou estilo diferente.

Dependendo de onde você está colocando seu anúncio, a copy que você usa muda com base no público que verá o anúncio.

Você está colocando seu anúncio em um jornal local ou em um outdoor?

Você está colocando seu anúncio em uma revista feminina ou em uma revista de notícias? Mídias diferentes exigem copys diferentes para persuadir de forma mais eficaz uma determinada audiência a agir.

Além disso, diferentes tipos de peças de marketing exigem diferentes tipos de copy. Lembre-se, existem muitas maneiras de usar a copy para promover o seu negócio, além dos anúncios tradicionais. Use todas as oportunidades possíveis e apropriadas para comunicar suas mensagens de marketing aos seus clientes.

7. Evite TMI (muita informação)

Nunca arrisque perder a atenção do seu público, fornecendo muitos detalhes em sua copy.

O copywriting eficaz informa ao público o que ele precisa saber para agir e fazer uma compra ou como entrar em contato com você para obter mais informações.

Detalhes estranhos entulham as mentes do seu público, o que aumenta a possibilidade deles esquecerem os aspectos mais importantes do seu anúncio ou programa de marketing.

A menos que você esteja anunciando um medicamento de prescrição, um equipamento altamente técnico ou um produto excessivamente regulamentado ou complicado, a melhor regra a seguir é o KISS (Keep It Simple, Stupid).

Você está gastando uma quantia substancial de seu orçamento de publicidade na colocação de cada anúncio. Com cada anúncio, você recebe apenas uma pequena quantidade de espaço para transmitir sua mensagem ao público.

8. Inclua uma chamada à ação. 

O objetivo de qualquer anúncio ou peça de marketing é extrair algum tipo de resposta do público que o vê.

Uma chamada à ação é o elemento da copy que diz ao público como você quer que ele responda ao seu anúncio ou peça de marketing. Normalmente, a chamada à ação cria um senso de urgência em torno de uma mensagem e fornece instruções sobre o que fazer a seguir.

Por exemplo, uma frase de chamariz pode pedir ao público que ligue para o anunciante ou visite sua loja ou site.

Incluindo uma chamada à ação é de longe o aspecto mais importante de copywriting eficaz.

É essencial que você facilite a participação do público em seu anúncio ou mensagem de marketing. Você já convenceu-os a querer o seu produto, seguindo o Passo 1 até o Passo 7 do esquema de copywriting e escrevendo uma copy influente.

Agora, você deve garantir que seu público-alvo possa responder facilmente ao seu anúncio e comprar seu produto, incentivando-o a agir.

Para começar, certifique-se de que a estrutura da sentença do seu copywriting esteja ativa e não passiva.

A razão para isso é simples. A copy que você escreve na voz ativa é, por definição, orientada à ação, enquanto a copy que você escreve na voz passiva fala sobre a ação de maneira remota.

Para explicar melhor, quando você escreve uma frase na voz ativa, o sujeito da frase executa a ação do verbo na sentença. Por outro lado, se você escrever uma frase na voz passiva, o sujeito da frase recebe a ação do verbo da sentença.

O segundo passo na criação de um call to action eficaz em sua copy é desenvolver um senso de urgência. Seu objetivo na publicidade é criar consciência do seu produto ou serviço e, em última análise, impulsionar as vendas.

Quando você quer fazer isso? Você quer que seus clientes atuem amanhã, no próximo mês ou no próximo ano? Se você está gastando dinheiro em publicidade agora, provavelmente quer que seus clientes atuem agora. Se for esse o caso, sua copy precisa dizer a eles para sair do sofá e entrar em sua loja agora. Existem muitas palavras e frases que você pode adicionar à sua copy para criar um senso de urgência.

9. CYA (Cubra Seu Burro)

Embora as grandes empresas tenham departamentos jurídicos que revisam a copy para garantir que ela não exponha a empresa a possíveis problemas, as empresas menores geralmente não têm orçamento para buscar a opinião de um advogado para cada anúncio que veiculam ou publicam.

No entanto, isso não significa que os proprietários de pequenas empresas tenham menos responsabilidade pela produção de anúncios e peças de marketing que sejam honestos e não sejam considerados enganosos.

A maioria dos proprietários de pequenas empresas são proprietários únicos, o que significa que, se perderem uma ação judicial, seus ativos de negócios não só poderão ser usados ​​para satisfazer a reivindicação de um demandante, mas seus ativos pessoais também poderão ser segmentados.

Quando você estiver escrevendo uma copy, considere se as alegações que você não pode provar em sua copy (ou não pode fornecer isenções adequadas para) valem a pena quando você pesa o risco versus a recompensa em potencial.

Além de abrir-se a possíveis litígios, exagerar ou falsificar alegações sobre o seu produto ou a concorrência é antiético e uma má prática comercial.

Se você for apanhado em uma mentira (por menor que seja), a notícia se espalhará rapidamente, e sua reputação poderá ser irremediavelmente prejudicada. Novamente, avalie o risco em relação à recompensa potencial antes de anunciar usando afirmações que você não pode provar.

Tenha cuidado ao usar palavras superlativas, como os exemplos da lista a seguir:

  • Livre
  • Garantido
  • Melhor, menor, mais rápido, etc.
  • Ou seu dinheiro de volta
  • Livre de risco
  • Sem risco
  • Nenhuma compra necessária
  • Sem custo
  • Nenhuma obrigação
  • Nenhum investimento
  • 100 por cento
  • Promessa
  • Sem perguntas

10. Revise. 

É essencial que você faça uma revisão precisa da sua copy.

Uma das maneiras mais rápidas de perder credibilidade na publicidade é permitir que erros gramaticais ou ortográficos apareçam em seus anúncios ou peças de marketing.

Os clientes traduzem o descuido nos anúncios em descuido nos produtos e serviços. Eles se perguntam: “Se essa empresa não se importa o suficiente para produzir um anúncio sem erros, com que probabilidade eles se importam em cuidar de mim?”

Empresas profissionais produzem anúncios de qualidade profissional e copy do anúncio, e isso significa que sua copy foi revisada novamente e está livre de erros.

É realmente muito simples

Copywriting é realmente fácil. Se você fizer sua pesquisa e preparação, sua copy irá brilhar.

Não tenha medo de correr riscos calculados e aprender com seus erros, mas não desperdice seu orçamento limitado de publicidade.

Ao fazer o trabalho de campo primeiro e completar completamente seu esquema de copywriting, você terá um documento de trabalho que poderá usar como uma ferramenta para produzir todos os seus projetos de copywriting agora e no futuro.

Gaste um pouco de antecedência para desenvolver um esquema de copywriting de primeira linha e você obterá as recompensas mais tarde com um aumento nas vendas e lucros e um retorno maior em seus investimentos em publicidade. Agora chute um pouco.

Para que você possa se tornar um profissional de copy completo, tenha tudo em mãos para criar um artigo de qualquer tipo, fazer seu vídeo de vendas, saber como posicionar o artigo e muito mais: CLIQUE AQUI AGORA – VAGAS LIMITADAS!